A Central de Tratamento de Resíduos de Araguaína possui uma área de 55 hectares que contempla a instalação de galpões, edificações, balança, lagoas e demais construções relacionadas à destinação e tratamento dos resíduos sólidos. A grande novidade é que desde junho de 2017, parte da propriedade está sendo utilizada para a agricultura. A intenção é que sejam plantadas verduras e hortaliças e que tais alimentos sejam distribuídos entre os funcionários da empresa que atuam no Município de Araguaína.

Desde o preparo da terra até a primeira colheita foram dois meses de cultivo e atenções especiais principalmente com o solo. A Central, além de receber os cuidados rotineiros por tratar-se de um local de destinação dos resíduos sólidos domiciliares, teve sua atenção redobrada por conta das plantações.

A plantação é composta por 35 canteiros que compreendem uma área de 4.125m². Nos canteiros estão sendo cultivados alfaces, rúculas, couves, coentros, cebolinhas, melancias, quiabos, abóboras, jilós e pimentas. A primeira colheita ocorreu em  meados de agosto deste ano.

WhatsApp Image 2017-08-24 at 11.21.05 - Cópia

horta-nova-7

WhatsApp Image 2017-08-24 at 11.21.08 - Cópia